Tratamento da Halitose

Quando tratamos o mau hálito é fundamental olhar o paciente como um todo considerando seu corpo, mente, emoções, pensamentos e sentimentos. Pois tudo é interligado e não fragmentado.

Como a halitose pode ser decorrente de cerca de 90 causas, que causam o mau hálito direta ou indiretamente, o profissional que trata essa área deve ter um conhecimento em diversas especialidades odontológicas e noções nas áreas de psicologia, otorrinolaringologia, gastroenterologia, nutrição, distúrbios do sono e endocrinologia, entre outras.

Além disso, a maioria dos pacientes com queixa em ter mau hálito desenvolvem consequências psicológicas severas que afetam sua qualidade de vida, além de muito desses terem sintomas típicos da ansiedade social.

Para investigar todas essas causas e consequências é necessário realizar uma investigação por meio de uma anamnese detalhada, que consiste em um questionário e entrevista feita pelo profissional quando da realização da consulta de avaliação inicial, complementada pelos exames clínicos bucal e extrabucal. Também são realizados exames complementares como a sialometria, que é a medição da produção salivar, e a halitometria, que é a medição do hálito em aparelhos importados e por meio do teste organoléptico (que atualmente não temos realizado por conta da COVID-19).

Com todos esses dados em mãos é realizado o diagnóstico e instituído o plano de tratamento, que na Clínica Halitus fazem parte de um contrato detalhado, que será lido pelo paciente junto com o profissional responsável, e assinado por ambos, para assim iniciarem o tratamento.

Ao todo são em média de 5 consultas, além da consulta de avaliação inicial, sendo a consulta de tratamento, profilaxia e ensino de higiene bucal, e 3 consultas de retorno, para fazer ajustes no tratamento e verificar o sucesso do mesmo, por meio de avaliações do hálito na clínica e em casa, com uma pessoa de confiança escolhida pelo paciente, chamada confidente.

Para conhecer em detalhes como realizamos o tratamento da halitose na Clínica Halitus, acesse a página Causas e Tratamentos.

Entre em contato conosco e faça um
agendamento de sua consulta

FALE CONOSCO PELO WHATSAPP

Avalie a sua probabilidade
em ter Mau Hálito

FAÇA O TESTE E DESCUBRA

RECEBA OS DETALHES, ETAPAS E VALORES DO TRATAMENTO

Saiba O Que Nossos Pacientes Dizem Sobre Nós

RENASCI!!!!Chamo-me R. H., tenho 21 anos, sou estudante finalista de Relações Internacionais.Descobri que tinha halitose na pre-adolescencia(10 anos) quando num certo dia parei para pensar porque eh que os meu colegas tratavam-me mal e rejeitavam-me. Foi ai que apercebi-me que ja tinha ouvido com alguns amigos e colegas algumas gracinhas relativo a minha boca, porem nunca...
Meu nome é S.A.S. e tenho 49 anos.Com o tratamento, hoje me sinto segura. Para ter uma idéia como o tratamento foi importante para minha vida, só posso dizer que com 49 anos nunca tinha me relacionado e nem beijado ninguém, tamanho o complexo que eu tinha por conta do mau hálito. Hoje estou namorando e me...
Meu nome é K. S. F. e tenho 18 anos.Por mais de cinco anos eu sofri com o mau hálito. Para tentar disfarçar a situação eu usava balas, chicletes, enxaguatórios bucais e costumava escovar os dentes e usar o fio dental quatro vezes por dia, porém o mau hálito continuava. Cheguei a me consultar com...
Meu nome é C. X. R. Tenho 61 anos e sou farmacêutico. Por mais de vinte anos convivi com o mau hálito. Sempre me senti muito incomodado com esse problema. Até mesmo diante da minha esposa me sentia constrangido e não tinha coragem de conversar sobre esse problema com ela. Eu não falava próximo às pessoas e...
Meu nome é E.B.S. e tenho 45 anos.Como se trata de um "assunto constrangedor", eu encontrei pessoas que me deixaram bastante à vontade, agindo com bastante naturalidade, desde o atendimento da telefonista ao dentista.Tenho 45 anos, e como toda mulher sou vaidosa, descobri que estava com problemas de halitose a mais ou menos 10 anos...
Meu nome é, J. R. M.Tenho 39 anos, e sou Supervisor de Manutenção.Há muitos anos, sabia que tinha halitose, cheguei a me consultar com um Dentista e um Gastroenterologista, em busca do tratamento, mas sem resultado satisfatório. Eu não tinha conhecimento que havia especialistas para o tratamento de halitose, por isso, ao ver o...
Meu nome é, J. R. M., tenho 39 anos, e sou Supervisor de Manutenção.Há muitos anos, sabia que tinha halitose, cheguei a me consultar com um Dentista e um Gastroenterologista, em busca do tratamento, mas sem resultado satisfatório. Eu não tinha conhecimento que havia especialistas para o tratamento de halitose, por isso, ao ver o...
Meu nome é F. S. P., tenho 41 anos e sou Gerente Administrativo em uma conceituada empresa.Há cerca de três anos notei que estava com halitose, porém não sabia ao certo a que profissional recorrer, por isso fui obrigado a conviver com esse incômodo por um longo tempo. Foi quando li um anúncio em uma revista que...
LEIA CENTENAS DE DEPOIMENTOS