Campinas   (19) 3029-9657 Whatsapp São Paulo   (11) 5575-2192 Whatsapp

Receba Informações sobre a Halitose
e os Caminhos para Solucioná-la

OK
 

Dê um fim ao mau hálito

Dê um fim ao mau hálito

Higiene

Dê um fim ao mau hálito

Cerca de 90% dos casos são por conta de problemas na língua e nas amídalas.

Você já deve ter ouvido falar que pessoas com mau hálito têm problemas no estômago ou no fígado.
Mas a verdade é que, de cada 10 casos de halitose, nove são por causa de acúmulo de bactérias no fundo da língua ou nas amídalas, conhecidos como saburra lingual e cáseo amidaliano, respectivamente.
O dentista Maurício Duarte da Conceição, especialista no assunto, que já presidiu a Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca, conta porque eles aparecem e quais são as novidades para tratar o mau hálito.

Causas dos odores

Os dois maiores causadores da halitose, a saburra lingual e o cáseo amidaliano, surgem devido ao acúmulo de bactérias na cor branca-amarelada. "A saburra é uma placa bacteriana que se forma principalmente no fundo da língua. E o cáseo amidaliano se forma em invaginações (espécie de caverninhas) existentes nas amígdalas", explica o dentista. O cáseo tem o formato de um grão de arroz e pode ser expelido se você tossir ou espirrar. Ele tem um cheiro desagradável, semelhante aode um queijo azedo.
De acordo com o especialista, quem tem um dos problemas consegue identificá-lo, mas a certeza só vem com o diagnóstico de um dentista.

Pouca saliva?
Mau hálito!

Esse dois vilões têm duas causas essenciais: diminuição do fluxo salivar e descamação das células da boca. O desafio é saber o que está levando à ocorrência delas.
A baixa produção de saliva na boca, por exemplo, pode ser por uso de medicamentos, doenças sistêmicas como diabetes, alterações patológicas nas glândulas salivares e até estresse crônico.
O aumento da descamação das células também tem várias causas que podem ser desde o uso de aparelho, passando pela respiração errada, o consumo de bebidas alcoólicas, o hábito de ficar mordendo a língua e as bochechas, até a carência de vitaminas.

Tratamentos

Para combater a saburra e o cáseo, o ideal é que se eliminem os fatores que os causam, mas como nem sempre é possível e isso leva tempo, os médicos procuram remover as placas de bactérias.
Para limpar a língua, por exemplo, há uma escova especial para alcançar a saburra. Outra novidade, que entra no mercado a partir de janeiro do ano que vem, é o enxaguatório Hálito Fresco. Desenvolvido e testado pela equipe do dentista Maurício Duarte, ele será usado na forma de bochechos para diminuir a formação dos cáseos amidalianos.

O estresse piora tudo

Quando você está estressada, pode haver uma ativação anormal das glândulas supra-renais, que passam a produzir mais hormônios que, por sua vez, diminuem a quantidade de saliva na boca. Resultado? Mau hálito. Por isso, até para não afastar quem está por perto com um hálito de leão, é bom aprender a controlar o estresse.
Escovar os dentes logo após as refeições e ir ao dentista periodicamente também evitam o mau hálito.


Voltar

Conheça nossos clientes e saiba o que eles pensam sobre a Clínica Halitus

Veja todos os depoimentos

Nossos endereços

São Paulo

São Paulo

Endereço

Rua Apeninos, 930 - Conjunto 42 - Metrô Paraíso


Como chegar

Desça na estação Paraíso do Metrô, pegue a saída da Rua Dr. Eduardo Amaro, vire a direita. Na próxima esquina vire à direita de novo; o prédio da Clínica fica no meio da quadra.

Resp. Téc.: Luciana Sassa Marocchio
CRO SP: 79.084

Veja o mapa

Campinas

Campinas

Endereço

Rua Avelino Silveira Franco, 149 - Bloco 2 - Sala 366 - Condomínio de Escritórios L'Oficce - Ville Sainte Helene


Como chegar

Estrada Campinas - Sousas; Av. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros/Rodovia José Bonifácio Coutinho Nogueira, em frente ao Clube Cultura e à SANASA.

Resp. Téc.: Maurício Duarte da Conceição
CRO SP: 34.205

Veja o mapa

Whatsapp
Fale com a Clínica Halitus


São Paulo
+55 11 94764-2935

Campinas
+55 19 97404-1126