Campinas   (19) 3029-9657 Whatsapp São Paulo   (11) 5575-2192 Whatsapp

Receba Informações sobre a Halitose
e os Caminhos para Solucioná-la

OK
 

Mau hálito atinge 30% dos brasileiros, mas ainda é tabu

Mau hálito atinge 30% dos brasileiros, mas ainda é tabu

Na maioria dos casos, problema tem origem na boca; pessoas demoram a perceber.

Um problema que pode representar um grande obstáculo nas relações pessoais. Assim é a halitose, que atinge cerca de 30% dos brasileiros e ainda é um tabu para as pessoas, que demoram em admitir que têm o problema e, por isso, retardam o tratamento. Na tentativa de mascarar o mau hálito, muitas vezes por vergonha e até mesmo por falta de informação, as pessoas geralmente ficam caladas, têm dificuldade de relacionamentos, falam com as mãos próximas da boca e desviam o rosto enquanto conversam.

“Alguns pacientes relatam ter dificuldades de manter um relacionamento e até mesmo um emprego porque sofrem de mau hálito. Muitos têm medo de admitir o problema e de procurar um especialista", diz Cláudia Cia. Worschech, doutora em dentística pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).
A otorrinolaringologista Silke Weber, coordenadora do ambulatório de estomatologia da Unesp, reforça as limitações sociais que as pessoas com halitose costumam enfrentar.

“Os jovens, em especial, deixam de sair de casa, deixam de beijar e até de namorar, porque têm vergonha. Deixam de interagir com as pessoas sendo, que o problema é facilmente corrigido."
Ao menos 60 fatores podem ser responsáveis pelo mau hálito mas os principais —cerca de 90%— se manifestam na boca. Em um dos casos, o odor ruim acontece depois que bactérias presentes na boca decompõem algumas proteínas.

"Elas se transformam em compostos sulfurados voláteis, que são derivados do enxofre e, portanto, cheiram mal", explicou Eduardo Dutra, especialista em halitose e presidente da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca.

Outros fatores que desencadeiam o mau hálito são a diminuição da produção de saliva – que pode ser influenciada pelo uso de antidepressivos – e também o acúmulo de restos de alimentos, células descamadas da mucosa bucal e saliva na língua, chamado de saburra lingual.
Problemas de estômago relacionados ao mau hálito são raríssimos, afirmam os especialistas. “Embora as pessoas insistam em dizer que a origem do odor é o estômago, ele não representa nem 5% dos casos de halitose”, disse Luciana Camacho Lobato, chefe do setor de Motilidade Digestiva da Unifesp ( Universidade Federal de São Paulo).
Para prevenir o mau hálito, as pessoas devem visitar o dentista freqüentemente, manter uma boa higienização da boca, beber bastante líquido e ter uma dieta equilibrada e saudável.

O QUE É?
É o mau cheiro exalado pela boca. É o nome científico dado para o mau hálito.

COMO PREVENIR?
Fazendo uma higiene oral completa e escovando a língua para remover totalmente os detritos existentes. A pessoa também deve tomar pelo menos dois litros de água por dia para incentivar a fabricação da saliva e dar preferência aos alimentos mais fibrosos e menos condimentados.

COMO MANTER UMA BOA HIGIENE BUCAL
O uso do fio dental é importante porque atinge locais que a escova não alcança. A pessoa deve passar o fio dental antes da escovação. O fio deve contornar o dente dos dois lados para que os detritos sejam removidos.

Iniciar a escovação da língua. Colocar a língua para fora o máximo possível e passar a escova de trás para frente, como se estivesse varrendo o local, e também em movimentos circulares. Fazer os movimentos devagar para evitar ânsia de vomito. Pode ser usada à mesma escova para os dentes.
Para escovar os dentes a pessoa deve inclinar a escova em 45° e fazer movimento de vaivém. Começar pelo lado externo do dente, seguir para a parte interna e terminar com a parte onde os dentes mordem.
Terminar com um bochecho feito com enxaguatório bucal sem álcool. Em casos de mau hálito, a presença do álcool pode descamar a bochecha e prorrogar a ocorrência da halitose.

Perguntas e Respostas

Halitose é uma doença?
Não. É apenas um sintoma de que alguma coisa não está bem no organismo da pessoa

Qual é a origem do mau hálito?
Existem pelo menos 60 fatores que podem causar mau hálito —90% deles têm origem na boca, como presença de tártaro nos dentes, gengivas sangrando, língua com detritos e baixa produção de saliva. Pode também estar relacionado ao estresse e má alimentação.

O problema está relacionado com o estômago?
Na maioria dos casos, não, embora exista a crença de que o mau hálito começa no estômago. Menos de 5% dos casos têm essa origem.

Como posso prevenir o mau hálito?
Fazendo uma higiene bucal completa, especialmente na língua bebendo bastante água e mantendo uma alimentação rica em fibras. A pessoa também não deve ficar mais de quatro horas sem comer.


Voltar

Conheça nossos clientes e saiba o que eles pensam sobre a Clínica Halitus

Veja todos os depoimentos

Nossos endereços

São Paulo

São Paulo

Endereço

Rua Apeninos, 930 - Conjunto 42 - Metrô Paraíso


Como chegar

Desça na estação Paraíso do Metrô, pegue a saída da Rua Dr. Eduardo Amaro, vire a direita. Na próxima esquina vire à direita de novo; o prédio da Clínica fica no meio da quadra.

Resp. Téc.: Luciana Sassa Marocchio
CRO SP: 79.084

Veja o mapa

Campinas

Campinas

Endereço

Rua Avelino Silveira Franco, 149 - Bloco 2 - Sala 366 - Condomínio de Escritórios L'Oficce - Ville Sainte Helene


Como chegar

Estrada Campinas - Sousas; Av. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros/Rodovia José Bonifácio Coutinho Nogueira, em frente ao Clube Cultura e à SANASA.

Resp. Téc.: Maurício Duarte da Conceição
CRO SP: 34.205

Veja o mapa

Whatsapp
Fale com a Clínica Halitus


São Paulo
+55 11 94764-2935

Campinas
+55 19 97404-1126