Campinas   (19) 3029-9657 Whatsapp São Paulo   (11) 5575-2192 Whatsapp

Receba Informações sobre a Halitose
e os Caminhos para Solucioná-la

OK
 

Halitose atinge 40% no Brasil (2000)

Halitose atinge 40% no Brasil (2000)

Problema indica que o organismo apresenta algum problema A Halitose, mais conhecida como mau hálito, atinge 40% da população brasileira, ou seja, quatro em cada dez pessoas sofrem desse mal, de acordo com a ABPO (Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca).

A halitose não é uma doença, mas sintoma de que o organismo apresenta algum problema, como estresse e uso de medicamentos. O cirurgião dentista Maurício Duarte da Conceição, especialista em halitose, explica que a origem do mau hálito não está relacionada a distúrbios no estômago, como sempre se acreditou, mas à salivação insuficiente ou descamação de células na via oral que formam saburra (acúmulo de bactérias) na língua e que, com a fermentação, libera enxofre e causa o odor indesejável.

Segundo o especialista, pior que o odor, são os graves problemas sociais que o mau hálito causa, como deixar a pessoa com complexo e inibida. A halitose chega a ser motivo de separação entre casais e pode prejudicar a área profissional para quem tem contato com o público, como corretores, vendedores e advogados. Para tentar atenuar o problema, as pessoas que sofrem de mau hálito fazem uso constante de escovas, soluções anti-sépticas, chicletes e balas, entre outros recursos, mas não conseguem eliminar a causa.

No entanto a presidente da ABPO, a cirurgiã dentista Ana Cristina Kolbe, garante que existe cura em 100% dos casos de halitose. Ela explica que a pessoa deve procurar primeiro um dentista, porque 95% dos casos tem origem bucal. A portadora de halitose Rosa Cola Antunes, 63 anos, disse ter estranhado quando decidiu procurar um especialista, pois ao chegar ao consultório, descobriu que se tratava de uma clínica odontológica.

"Eu pensava que era um problema no estômago, mas foi constatado que era na boca. Com o uso diário de um limpador de língua (aparelho desenvolvido para este fim), nunca mais tive o problema", afirmou. Mau hálito ganha "disque-denúncia" Geralmente, quem sofre de halitose (mau-hálito) não sente. Isso ocorre por um mecanismo natural de defesa do organismo em que as células responsáveis pelo olfato rapidamente se adaptam a um determinado odor, e a pessoa deixa de senti-lo se ele for constante.

Por isso, se você tem alguém próximo de sua convivência,que sofre de mau hálito e acha constrangedor avisá-lo, acessando o endereço da ABPO na Internet (www.abpo.com.br) ou na clínica Halitus (www.halitus.com.br), você encontrará o Click Mau Hálito, onde poderá cadastrar o nome, endereço ou e-mail dessa pessoa e as instituições imediatamente entrarão em contato sem que você seja identificado, evitando assim constrangimento para ambas as partes.

Esse serviço é gratuito e, de acordo com a presidente da ABPO, a médica Ana Cristina Kolbe, deverá ser usado com muita seriedade. "Na página é possível ver o modelo da carta que a pessoa receberá e tirar dúvidas sobre a halitose. Quem não tem acesso à Internet, pode usar os seguintes telefones : ABPO (071) 245-3236; Halitus (011) 5575-2192; (019) 3254-0266; (012) 322-5363.


Voltar

Conheça nossos clientes e saiba o que eles pensam sobre a Clínica Halitus

Veja todos os depoimentos

Nossos endereços

São Paulo

São Paulo

Endereço

Rua Apeninos, 930 - Conjunto 42 - Metrô Paraíso


Como chegar

Desça na estação Paraíso do Metrô, pegue a saída da Rua Dr. Eduardo Amaro, vire a direita. Na próxima esquina vire à direita de novo; o prédio da Clínica fica no meio da quadra.

Resp. Téc.: Luciana Sassa Marocchio
CRO SP: 79.084

Veja o mapa

Campinas

Campinas

Endereço

Rua Avelino Silveira Franco, 149 - Bloco 2 - Sala 366 - Condomínio de Escritórios L'Oficce - Ville Sainte Helene


Como chegar

Estrada Campinas - Sousas; Av. Dr. Antônio Carlos Couto de Barros/Rodovia José Bonifácio Coutinho Nogueira, em frente ao Clube Cultura e à SANASA.

Resp. Téc.: Maurício Duarte da Conceição
CRO SP: 34.205

Veja o mapa

Whatsapp
Fale com a Clínica Halitus


São Paulo
+55 11 94764-2935

Campinas
+55 19 97404-1126